Elo - trato com o diabo

Fanfic / Fanfiction de Amor Doce - Elo - Capítulo 4 - Trato com o diabo 
Eu estou péssima com o que houve hoje no colégio. Nunca havia brigado com alguém na minha vida até então. Eu ainda não entendo o que houve. Não entendo como cheguei ao ponto de me descontrolar e brigar com aquela garota sem noção. Eu não sou assim! O que está acontecendo comigo?    Felizmente, Nathaniel prometeu que não falaria com minha mãe. Mas em troca, impôs um castigo. Ele não me disse qual seria o castigo, mas disse que eu teria de cumprir esse castigo sem reclamar, caso contrário, ele seria obrigado a contar a minha mãe tudo o que houve. Não tenho alternativa, senão concordar com qualquer punição que ele me imponha.     Na manhã seguinte, em Sweet Amoris... - Ainda não entendo o que estamos fazendo aqui, Nathy... E o que ELA está fazendo aqui? - Disse Ambre de mau humor. - Se lembra que concordei em não contar nada sobre o que houve ontem para nossos pais se você aceitasse um castigo que eu lhe impusesse? - Nathaniel disse a Ambre.   "Não acredito! Eles são irmãos?! Que pesadelo!" - Pensou Niele - E daí? Eu continuo sem entender! - Disse Ambre. - É simples... Ambre. Niele e você ajudarão o colégio Sweet Amoris da melhor forma como puderem. - Disse Nathaniel. - Está falando em serviço comunitário? - Disse Ambre. - Isso mesmo. - Falou Nathaniel. Ambre riu alto, como se aquilo fosse uma piada muito engraçada. - Ah, Nathy! Quase me pegou! - Disse Ambre. - Não é uma piada Ambre! Estou falando sério! - Disse Nathaniel. - O quê? Nem pense que vou concordar com isso. De jeito algum. Não vou me rebaixar ao nível dessa suburbana! - Falou Ambre. - Quando começo? - Perguntou Niele, ignorando Ambre. - Hoje mesmo. - Respondeu Nathaniel sorrindo, feliz por Niele não reclamar do castigo. - Tudo bem. É só dizer o que eu tenho de fazer. - Disse Niele.    Nathaniel apanhou uma pasta que estava sobre sua mesa e pegou um papel e o entregou a Niele, dizendo-lhe: - Aqui está seu primeiro trabalho. Essa é a lista de ausências de Castiel. Convença-o a assinar. Devo dizer-lhe que não vai ser nada fácil convencê-lo a assinar, devido a seu comportamento rebelde. Mas esse será seu desafio. Não me desaponte. - Desculpe perguntar, mas quem é Castiel? - Perguntou Niele. - É um garoto ruivo. Estuda na nossa sala! Não será difícil encontrá-lo, pois ele costuma ficar no pátio, isolado dos outros alunos. - Disse Nathaniel. - Acho que me lembro dele. - Falou Niele. - Ok. Pode ir agora. - Disse Nathaniel. - Quando tenho de trazer essa lista de volta? - Perguntou Niele. - No mais tardar, até essa sexta. - Respondeu Nathaniel. - Ok. Com licença. - Disse Niele se retirando do Grêmio. - E quanto você, mocinha... - Disse Nathaniel olhando para Ambre que lixava as unhas. - Sei bem o que vai fazer! "Ele não podia ter me dado uma missão mais impossível! Tá na cara que eu não vou conseguir fazer aquele cara assinar essa lista nunca!" - Pensou Niele, desanimada.    Niele foi até o pátio. Castiel estava deitado em um banco, ouvindo seu mp5. Bem relaxado. Como se no mundo só houvesse sua música e ele. Como Niele se aproximaria dele sem aborrecê-lo? Ele não parecia nada simpático! Mesmo assim, ela precisava reunir toda a coragem que tinha e ir falar com ele, se não quisesse que Nathaniel contasse a sua mãe o que havia acontecido.  Ela respirou fundo e foi até onde estava. Castiel levou uns cinco minutos para perceber a presença dela. E quando isso aconteceu, ele sentou-se no banco e puxou seus fones do ouvido. - Qual é gatinha? - Disse ele sorrindo e a olhando dos pés a cabeça, com malícia. - Você é Castiel? - Perguntou ela, nervosa. - O próprio. E se quiser, posso te levar pro céu. - Disse ele. - Eu não entendi a piada. - Falou Niele. - Alôu... Castiel... Céu?! - Disse ele revirando os olhos. - Seu nome é mesmo Castiel? Quer dizer, é que na série Supernatural tem um anjo com esse nome... Castiel. - Disse Niele. - Está me chamando de anjo, é isso mesmo? - Disse ele rindo. - Bem, mas um motivo para eu te levar às alturas. - Não. Eu... Esquece! - Falou ela se virando para ir embora. - Espera... - Disse ele a pegando pelo pulso com firmeza.   Niele virou-se para trás. - Sim? - Disse ela - Qual o seu nome? - Ele perguntou - Niele. - Ela respondeu - Engraçado... Se não me engano, existe um shampoo com esse nome. - Disse Castiel contendo um riso. - Com licença! - Disse Niele virando-se para ir embora. Mas não conseguiu porque Castiel ainda a segurava pelo pulso. - Pode me soltar, por favor? - Ela pediu, nervosa. - Por quê a pressa, gatinha? Você não queria falar comigo? Pois fale agora. Sou todo ouvidos. - Disse ele se divertindo. - Eu só queria que você assinasse essa lista de ausência. - Disse Niele - Deixa eu ver isso? - Disse Castiel a soltando e levantando-se do banco.   Niele entregou a folha a ele. Castiel olhou a folha e então a devolveu a Niele, dizendo: - Foi aquele nerd idiota quem mandou isso? - Nathaniel. - Disse Niele - Pois diga a ele para enfiar essa folha no... Bolso. Pois eu, não vou assinar isso nem morto! - Disse Castiel irritado. - Por favor, assine essa folha. Eu imploro! Se você não assinar, eu estou perdida! Nathaniel vai acabar comigo! - Falou Niele desesperada - E eu com isso? - Disse Castiel dando de ombros - Por favor, eu faço o que você quiser. - Falou Niele - O que eu quiser? - Disse Castiel interessado - O que você quiser... - Falou Niele - Qualquer coisa? - Perguntou ele chegando bem pertinho dela - Sim. - Respondeu ela, com a respiração ofegante   Castiel sorriu maliciosamente. Fanfic: Elo, primeira temporada, capítulo 4. Continue lendo <<-------

Elo - A despedida

Fanfic / Fanfiction de Amor Doce - Elo - Capítulo 26 - A Despedida 
 Niele tentou ligar para Ken, mas seu celular só caia na caixa de mensagem. Ela enviou uma mensagem mesmo assim, que dizia: "Me desculpe por não responder antes. Eu saí e deixei o celular em casa. Sinto muito".   Na manhã seguinte, Niele foi para o colégio mais cedo para evitar se encontrar com Castiel. Ela precisava falar com Ken. Com certeza, ele estava bravo e, se a visse chegando com Castiel, ficaria mais bravo ainda. Ela o esperou em frente ao colégio no lugar onde ele sempre esperava por ela.     Quando o carro da mãe dele parou do outro lado da rua e Niele viu Ken saindo do carro, acenou para ele. Ele não acenou de volta. Atravessou a rua e veio até ela. - Bom dia, meu amor? - Ela o abraçou e o beijou. Ken não correspondeu. - Me desculpe por ontem. Eu esqueci meu celular em casa. - Disse Niele. Ken suspirou. - Eu li sua mensagem. - Ele disse. - Por favor? Me desculpe. - Falou ela. - Onde você estava? - Ele quis saber. - Na casa da minha tia. - Ela mentiu. - Qual? Aquela que não existe e você sempre usa como desculpa quando não quer que saibam onde você realmente estava? - Ele disse com ironia. - Por favor? Ken, eu não quero que fique bravo comigo. - Ela o beijou. - Você é meu namorado. Eu te adoro! - E eu te amo. - Ele disse e abraçou forte. - Ninguém nunca vai nos separar. - Falou Niele se sentindo culpada por ter passado tanto tempo com Castiel. E por não contar a Ken que Castiel a beijara. - Tem alguém que pode nos separar. - Disse Ken recuando e olhando nos olhos dela. - Quem? - Ela temia que ele já soubesse que Castiel estava a fim dela. - Meu pai. - Respondeu Ken. Niele suspirou aliviada. - Ele quer me mandar para um colégio militar. Quer que eu fique interno por um ano. - Disse Ken. - E por que isso agora? - Perguntou Niele. - Ele quer que eu me torne um "homem"! - Falou Ken. - Isso é um absurdo. Seu pai não pode fazer isso. - Disse Niele. - Sim. Ele pode. - Disse Ken. - E vai fazer! - E quando ele pensa em te internar? - Perguntou Niele aborrecida. - Até o fim desse mês. - Respondeu ele triste. - Eu não quero que você vá embora! - Falou Niele chorando e o abraçou. - Eu também não quero ir, Niele. - Disse ele chorando com ela.    Niele decidiu aproveitar todo o tempo que ainda teria com Ken da melhor forma possível. Os dois passaram mais tempo juntos. Passaram a sair todas as tardes e também nos fins de semana.    Castiel os observava de longe, no colégio ou de sua casa. Ele gostaria de se aproximar de Niele, mas ela explicara a ele que Ken iria embora e ela queria aproveitar o máximo até o último minuto ao lado dele. Castiel teve de aceitar. Mas não tinha um só dia em que ele não desejasse estar com ela. E ele torcia para que Ken partisse logo. - Eu tenho uma coisa para você. - Disse Ken sorrindo. - O quê? - Perguntou Niele curiosa. Os dois estavam no quarto dela. Theresa estava na casa de Lola - a tia de Niele -. - Isso. - Ken tirou uma caixinha preta do bolso de sua calça e abriu-a, revelando um anel de ouro. Muito bonito. - Ken, é lindo! - Falou Niele emocionada. - Aceite esse anel como símbolo do amor que eu sinto por você. - Disse ele colocando o anel do dedo dela. - Não vou pedir que me espere porque não seria justo. Mas era o que eu mais queria, que você me esperasse. - Sim. Eu prometo que vou te esperar. - Falou Niele e o beijou. - Eu nunca disse antes, mas eu te amo! - Eu também te amo! - Disse ele. - Eu precisava que soubesse disso antes que você partisse. - Falou ela. - Agora eu sei. - Ele sorriu. Niele tirou os óculos dele e  passou a mão em seus cabelos castanhos. - Eu não preciso de mais ninguém além de você, Ken. E é por isso que eu decidi... Quero que você seja o primeiro. - Ela tirou a camisa dele e o beijou.    Os dois se amaram pela primeira vez e foi tão romântico. Eles se entregaram um ao outro com o coração. - Você se arrependeu? - Perguntou Ken a abraçando. -Não. E nem poderia. - Disse ela sorrindo. - Eu entendo a importância do que aconteceu para você. E não vou desapontá-la. Prometo que não vou esquecê-la um só dia. - Disse ele. - Até porque você só vai estudar com garotos. Certo? - Ela disse. - Ainda não sei. Mas a única garota quem me importa é você. - Ele disse. - Promete que vai me ligar sempre que puder? - Prometo. - Ele disse.   Quando Ken partiu no dia seguinte, Niele ficou muito triste. Se trancou em seu quarto e faltou ao colégio por uma semana. Castiel foi até à casa dela a semana toda, mas Theresa dizia o mesmo a ele: - Eu sinto muito, mas ela não quer falar nem comigo. ***   Na manhã em que Niele, finalmente decidiu retornar ao colégio sentiu-se mais sozinha do que nunca. Ninguém a estava esperando em frente ao portão. Ninguém sentou-se ao lado dela durante a aula e ninguém lanchou com ela. Ela estava mais sozinha do que nunca. *** Sentada na arquibancada, ela assistia os garotos jogando basquete. Não estava prestando muita atenção no jogo. Estava tentando não pensar tanto em Ken, em quanto ela gostava dele e o quanto ele lhe fazia falta.    Alguém sentou-se ao lado dela, mas ela não se deu ao trabalho de olhar quem era. Faria diferença. Fosse quem fosse. - Como você está? - Ele perguntou pousando sua mão sobre a dela.  Niele o olhou. O vento insistia em bagunçar seus cabelos ruivos. Mas mesmo com os cabelos bagunçados, ele continuava bonito. - Eu não quero brigar. Por favor, me deixe em paz? - Ela disse afastando sua mão da dele. - Eu também não quero brigar. - Ele disse. - Só quero ser seu amigo. - Não preciso de amigos. - Falou ela. - Todo mundo precisa de amigos. - Disse Castiel. - Por favor, me deixe ser seu amigo?    Niele o encarou pensativa. - Eu dou a minha palavra que não vou lhe fazer mal. - Disse ele. - Eu não sei se podemos ser amigos. - Falou ela. - Por que? - Ele perguntou. - Você não me vê apenas como uma amiga. - Falou ela. - É verdade. Mas eu respeito sua decisão... Se sua amizade é tudo o que posso ter de você, eu aceito. - Falou ele. - Você jura? - Eu juro. - Ok. - Ela disse. Castiel a abraçou. Niele sentiu-se protegida naquele abraço caloroso. Agora, ela não estava mais sozinha.

Fichas dos novos personagens de Elo

Niele
  Oi, minhas lindas?
Hoje, estou aqui para apresentar a vocês a lista com os novos prováveis personagens de Elo, terceira temporada.
  Algumas personagens já estão mais que confirmadas para fazerem parte da nova temporada de Elo (eu simplesmente me apaixonei por certas personagens e isso foi mais forte que eu), outras, no entanto, ainda preciso ver se se encaixam na fanfic. Se puderem deixar a opinião de vocês nos comentários, eu agradeceria porque ainda estou um tanto quanto confusa.
  Bem, vamos as fichas das personagens.
Tive de resumir algumas fichas para que elas não ficassem muito extensas.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Haruka Tsumiky

Haruka Tsumiky
É uma garota meiga, mas com gênio difícil. Porém, quando se trata de garotos, ela não resiste a eles, mas também não é boba e, na maioria das vezes, percebe quando tentam enganá-la. É também um tanto vingativa e não leva desaforo para a casa. É bem criativa em suas "vingancinhas", mas a maioria delas não é nada grave, mesmo deixando seus alvos bem irritados, o que faz com que ela fique bem satisfeita.
Aparência: 
 Tem 19 anos. 
Loira, olhos verdes.
Team: Nathaniel.
  Ficha enviada por Haruka.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Mia Cáceres

Mia Cáceres
   Mia é uma garota romântica, criativa, divertida, engraçada, animada, que ama música, além de ter como hobby escrever histórias.
   Ela é vingativa com quem merece. Se faz de ingênua. É muito paciente, mas quando a magoam ou a irritam, perde a cabeça. Nunca matou ninguém, mas torturou uma pessoa, pois a magoou muito. Ela só é malvada com quem merece e seria incapaz de maltratar sua família.
  Aparência: Ela é branca. Tem olhos cor de sangue. Cabelos castanhos e ondulados.
Team: Castiel/Nathaniel.
Ficha enviada por: TiaManda
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Circus Joker

Circus Joker
18 anos.
  afastada de uma carreira como cantora, ela aparenta ser uma garota completamente fofa para a mídia. No entanto, aparências enganam. Ela é uma garota calma, além do normal para a sua idade. Educada e elegante com suas palavras. Não é de falar muito, mas se lhe dirigem a palavra, tenha quase certeza de que haverá uma alfinetada no meio. Seu olhar de desprezo é quase uma marca registrada.
  Aparenta ter uma mente doentia, afinal, aprecia dissecar seres mortos. Gosta de cemitérios e faz parte do fã-clube de Lysandre. Na verdade, ela é completamente vidrada na figura do heterocrômico.  No entanto, não é bem como se ela fosse psicopata de fato. Ela ama desvendar mistérios e crimes, principalmente os próximos a ela.
Ficha enviada por: Kwya
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Alice Higurashi

 Personalidade: Carismática, inteligente e apaixonada por Castiel. Uma garota decidida a estar ao seu lado sempre e consolá-lo da forma que lhe for possível, aceitando ser desde uma amiga a sua mulher. Não pretende forçá-lo a amá-la e não faria nada que o pudesse magoar, mas também não permitiria que ninguém o machucasse -fisicamente ou emocionalmente-, e ou entrasse no seu caminho. Está disposta a fazer qualquer coisa pela pessoa que ama. Complemento da personalidade; estilo musical preferido é o rock. Team: Castiel. Aparência: Cabelo roxo (ameixa) e olhos azul marinho. Alta e de pele clara. Ficha enviada por: xxHigurashixx -----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Naomi Gaspar

27 anos.
 É uma garota doce, que sempre se preocupa com os outros. Trabalha em uma loja de doces pela manhã, e está sempre disposta a ajudar os outros. No entanto, ela guarda um segredo. Na parte da noite, ela trabalha em um bordel na cidade vizinha. Ela não o faz por dinheiro ou porque é forçada a isso. Ela simplesmente faz porque quer. Ela gosta da profissão, na verdade. Mas ainda tem medo de revelar isso seja para quem for, por conta do preconceito que poderia sofrer. Não acredita no amor entre duas pessoas (no sentido carnal), pois pensa que tudo o que sentimos se trata de algo no sentido coletivo. Ou seja, uma pessoa não deveria ser presa a outra.
Ficha enviada por: Kawaiik_AD
---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Kaya Snow

Aparência: 1 ano mais nova que Nath.
Cabelos lisos e longos (até a cintura), castanho claro, com franjinha (pro lado direito), que às vezes, tampa o olho.
 Olhos heterocrômios (o direito azul claro e o esquerdo amarelo). Pele clara e com sardas por todo o corpo (principalmente no rosto). Lábios rosados e nada carnudos. Mais ou menos magra. Mais ou menos alta.
Personalidade: Fofa, meiga, gentil, prestativa, corajosa, aventureira, lógica, inteligente, criativa, curiosa, desastrada, tem um coração mole e de ouro, tímida, esforçada, romântica, muito sarcástica (e sempre sai engraçado) e adora dar patadas (que também saem engraçadas), engraçada e divertida, gentil, destemida, responsável, atenciosa, um pouco ingênua e lerda quando se trata de piadas de mal gosto e pervertidas, desconfiada, sempre segue a sua intuição e, às vezes, parece um pouco louca.
Team: Nathaniete.
Ficha enviada por: Thaissa_Chan.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Caroline

Ashley Benson (Hanna)

Aparência: Cabelos negros e curtos (como a Hanna de PLL na 5 temporada). Olhos castanhos. Nem baixa nem alta. Corpo médio. Uma garota nem feia nem bela demais.
Personalidade: Pode ser má, dissimulada e "jogar o jogo".
Team: Nath.

Elo - Revenge

Sinopse: O que fazer quando de uma hora para outra sua vida se torna um pesadelo? Para onde fugir se nenhum lugar parece seguro? Não adianta gritar porque ninguém vai te ouvir... Ele vai te encontrar não importa a onde vá! Isso não vai parar porque... O pesadelo não tem fim. Link direto:  http://socialspirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-amor-doce-elo--3-temporada-2693562    Após a suposta morte de Niele Maldonado, anos se passam e todos seguem suas vidas, tentando esquecer o passado. Mas certas coisas não se esquecem...     Nathaniel Werner recebe cartas anônimas que afirmam que sua esposa e sua filha estão vivas.
   Violette se lembra de quando Nathaniel lhe deu de presente uma boneca e, decide reencontrá-lo. No entanto, ela não sabe como e, quando pergunta aos outros, todos dizem que ela deve se manter afastada dele. Desconfiada, ela decide investigar mais sobre Nathaniel e qual era a relação que ele e Niele tinham. Violette, acaba descobrindo que sua mãe não era uma santa como todos diziam e que guardava muitos segredos.
   Decidida a descobrir a verdade, Violette investiga sobre o paradeiro de Nathaniel e fica sabendo que ele está internado em um manicômio. Ela vai até lá para falar com ele.
    
   Quando Nathaniel consegue fugir do manicômio, vai atrás de sua filha e de Niele. Ele não descansará enquanto não encontrá-las e ter sua vingança.

Fichas dos novos garotos em Elo

   Com os novos personagens de Elo que surgiram, vieram também alguns problemas... Por exemplo, algumas das novas personagens são muito jovens e não podem namorar com os tradicionais "paqueras", por estes terem idade para serem seus pais. Sobraram só três paqueras "jovens", Dake, Dajan e "Thales" (este último nem é oficialmente um paquera de AD). Dake se tornou o paquera mais querido entre as teens. Dajan foi terrivelmente dispensado, se por ele ser meio chato no jogo ou por ele ser negro, eu não sei. Mas não entendi direito se ele é um gato! 
   Seja qual for o motivo, ainda tem muitas garotinhas na fic, sem seu príncipe encantado. Por isso, eu decidi criar novos personagens do sexo masculino. Espero que esses agradem as garotas, porque se não vou ter de sequestrar o Sasuke e Naruto e jogá-los em Sweet Amoris (o que seria bizarro).
   Vamos às fichas dos boys?

Curiosidades sobre Elo

     Eu vou falar um pouco mais sobre minhas fics nos posts posteriores para entreter minhas leitoras quando eu não puder postar no SS (Social Spirit). Girls, encarem isso como um bônus pelo carinho que vocês tanto devotam a série (opa, disse série.... Er, nunca foi minha intenção prolongar tanto essa fic)!
     Bem, que tal eu compartilhar com vocês algumas curiosidades a respeito da fic?
1- Por pouco, não excluí Elo. No início, eu escrevia a fic em um blog privado (ainda escrevo nesse blog). Não pensava em publicá-la. Escrevia mais para mim mesmo, porque não tinha nada de interessante para fazer de madrugada... 
      Eu não achava que as pessoas pudessem se interessar por Elo porque, mesmo sendo uma fic sobre o game Amor Doce (o jogo mais popular de paquera para garotas), era algo sombrio e doentio. Que poderia deixar muita gente perturbada....
2- Elo foi minha primeira fic e, antes de escrevê-la, eu li algumas fanfics sobre Amor Doce e pesquisei bastante sobre a melhor forma de se escrever uma fanfic e despertar o interesse dos leitores.
3-  No início, Elo era muito clichê, mas eu tinha medo de inovar e desapontar as pessoas. Afinal, a maioria das fanfics começa contando a história de uma garota antissocial e melancólica que perdeu os pais, se mudou para uma outra cidade e entrou numa nova escola. Se apaixonou pelo garoto mais popular do colégio (Nathaniel), levou um fora e ficou com o ruivo rebelde (Castiel). Sempre assim... Esse é o padrão clichê das fics. E eu não queria mudar isso, mesmo morrendo de vontade.
     A fic saiu do clichê acidentalmente. Eu não planejei nada! Na primeira temporada, quando a personagem Violette liga desesperada para a amiga Niele e diz que está sendo perseguida por psicopata, a ligação cai. Niele vai atrás de Castiel e os dois vão à procura da garota desaparecida. Eles acabam presos no porão da casa de Bia. Era para isso ter sido um plano de Alexy e Violette que teriam trancado Niele e Castiel no porão só para eles ficarem um tempo junto e se reconciliarem, mas as leitoras não sacaram e acreditaram que Violette realmente estava em perigo. Os comentários na fic aumentaram e foi aí que eu percebi que ninguém queria ler um romance bobo. Pelo contrário, as pessoas queriam emoção, terror, sangue... E então, Elo se tornou uma história onde pessoas próximas a Niele (protagonista principal) eram brutalmente assassinadas. Eu fiz todo um mistério e a cada capítulo, mostrava que cada personagem ali não era bem o que aparentava...
4- Eu tive de mudar a personalidade dos personagens do jogo para que eles se adaptassem a historia e fossem menos previsíveis.
    Castiel sempre foi mal humorado e bad boy no jogo, e eu sempre me perguntava Por quê? Por que ele é assim? Quem nunca se perguntou? Em Elo, eu dei uma explicação para essa personalidade bruta dele e mostrei que ele só era assim pelo fato de ter sofrido muito na vida.
      Ambre sempre foi odiada no jogo e acho que nem preciso dizer os motivos.... Mas eu queria que isso mudasse. Ninguém nasce mal... Mas se torna mal.... E sempre tem um motivo. O que teria levado Ambre a se tornar uma garota esnobe e malvada? Também respondi isso em Elo.
      Personagens que antes eram vistos como adoráveis e inofensivos, ganharam uma faceta sombria e personagens "chatos" puderam mostrar que as aparências enganam e que nem sempre é o que parece.
5 - Trouxe à tona assuntos sensíveis como abuso sexual, bullying e assassinato. Claro que, sempre procurei não ser tão agressiva ou vulgar na hora de escrever o texto para não chocar muito as pessoas. E também possibilitei as pessoas a mergulharem nas mentes doentias de pessoas esquizofrênicas e/ou psicóticas e obsessivas.
    Quando alguém mata alguém, todos julgam a pessoa pelo seu ato, mas poucos se preocupam em saber o que motivou tamanha fúria. Em Elo, eu mostro os dois lados da moeda, o da vítima e o do assassino. Procuro explorar cada mínimo pensamento ou sentimento que tanto a vítima quanto seu agressor sentiram e o que levou uma coisa a outra. Sempre achei interessante ver os dois lados de um crime porque, muitas vezes, não parece, mas a vítima merecia morrer... Como no caso do pai de Niele...
6-  Nunca quis que Elo se tornasse uma fic interativa ou algo do tipo, mas quase todos os personagens foram assassinados e eu precisava de mais gente. Então, pedi às leitoras que enviassem suas fichas. Para minha surpresa, recebi mais fichas do que eu imaginava.
7- Não me preocupei muito em divulgar Elo porque acreditava que se fosse mesmo uma boa história não permaneceria nas sombras por muito tempo... E parece que eu estava certa!
8 - Na primeira temporada, era para Armin ser o psicopata, mas só uma leitora desconfiou dele. Então, eu decidi mudar na última hora.
9 - Na segunda temporada, era para Niele ter surtado e ser a psicopata da vez, mas uma leitora fez com que eu me sentisse muito mal por ter matado Lysandre e eu não tive outra opção senão o trazer dos mortos.
10 - O retorno de Rosalya causou muita especulação, também, pela forma como ela morreu na primeira temporada... Mas digo a todos que há uma explicação fantástica para que Rosalya ainda caminhe entre os vivos. O que é só revelarei mais adiante, na fic. Mas, preparem-se para ficarem boquiabertos.
11 - Um dos personagens principais está do lado do Lysandre... E o pior é que não parece. Tratei de ocultar bem esse detalhe porque no fim da fic, revelarei quem é o traíra que sempre está por perto... 
12- Castiel nunca foi e nem nunca será o vilão da fic porque desde o começo, ele foi escolhido para ser o mocinho. Mas em uma próxima fic, eu ainda o terei como um vilão. Aguardem.
13- Dos novos personagens, minha preferida é Abby. É sombria e é um tipo de personagem que se encaixa bem em Elo, mesmo algumas pessoas a achando estranha demais.
    Haruka é a personagem mais fácil de se lidar. Flui naturalmente quando escrevo as partes dela.
Mia me dá muito trabalho porque eu a idealizo como uma mocinha meiga e frágil, e acho que eu deveria mudar isso. Com certeza é o que Amanda (criadora da personagem) espera, mas está me dando certo trabalho. 
14 - Devido a minha opção sexual, me sinto muito desconfortável na hora de escrever cenas mais calientes na fic. Morro de vergonha e de asco e nunca reviso essas partes do texto. As partes sensuais mais difíceis que eu acho de escrever são as de Lysandre. As minhas preferidas são as que tem o Nathaniel (ah, eu amo o Nath! Fazer o quê?).
15 - Imagino dois possíveis finais para Elo; A- Nathaniel e Lysandre terminam se matando e Niele se casa com Castiel. 
B- Castiel morre por Niele, Nathaniel mata Lysandre e depois Niele e ele fogem.
    Mas calma! Eu tenho infinitos "finais" diferentes na minha imaginação e necessariamente, nenhum personagem precisa morrer.
16 - A personagem Laura Maldonado (irmã de Ken) foi inspirada na minha amiga Ágata Luz.
17 - Sou uma wicca e por isso, cito muito essa religião na fic.
   Bem, acho que isso era tudo!
Se eu lembrar de mais alguma coisa, incluo no post depois.
Beijinhos.

Fichas das personagens femininas de Elo

Laura Maldonado

     Irmã de Kentin Maldonado. Aparece pela primeira vez na fic, na Primeira temporada, no capítulo 8 - Desconcertada.
     Laura é uma wicca, assim como Jade e Bruno. 
É uma das poucas mocinhas da história, embora, tenha feito algumas coisas que fizeram com que muita gente duvidasse de que lado ela realmente estava.
     Na primeira temporada, Laura fez tudo para que seu irmão (Ken/Kentin) e Niele terminassem juntos. Inclusive, escondeu de Niele que Ken vinha à cidade várias vezes, e agiu como espiã dele, o colocando a par de tudo o que Niele aprontava. Mesmo, magoado, Ken decidiu não terminar com ela e tentar reconquistá-la quando voltasse.
      Laura é séria, responsável e um tanto misteriosa. Após a suposta morte de Niele, ficou com a tutela de Violette e a educou como se fosse sua própria filha.
     
    Anos atrás, Laura se afastou de seu noivo, Armin, ao descobrir que ele não era bem quem ela imaginava. Mas, depois, Laura descobre  que se enganou a respeito dele e que tudo o que ele fez, foi somente para protegê-la.

Niele Ferraz

       Uma das protagonistas da história. No começo, Niele se mostrava uma garota sensível, insegura e bondosa, que sofria com a morte do pai e da irmã mais velha. Mas, ao longo da trama, ela mudou completamente, assumindo uma personalidade bipolar, fria e sádica.
      Niele é envolvente, sensual, manipuladora e excelente mentirosa. Desde a primeira temporada, vem sendo o alvo de desejo insano de Kentin, Nathaniel e Lysandre. 
     Por ter uma personalidade dupla, a personagem está sempre em conflito consigo mesma e não sabe se deve ser má ou boa. Tende a se culpar pelas coisas ruins que acontecem ao seu redor. 
    Ela é capaz de qualquer coisa para conseguir o quer, mas teme se tornar uma assassina. Pois, acredita que quando matar alguém, não será mais uma boa pessoa como sua irmã mais velha, a quem ela sempre admirou e tentou sem sucesso, imitar. 
      Niele ama obsessivamente, Nathaniel e, mesmo sabendo que é errado amá-lo e que ele não é uma boa pessoa, ela não resiste a ele.
     Niele também ama Castiel e se não fosse pelo que sente por Nathaniel, ficaria com ele. Mesmo, sabendo da rivalidade que há entre Nathaniel e Castiel, Niele está disposta a proteger os dois, mesmo um do outro, e sonha com o dia em que eles se odiarão menos.
     Niele tem três filhos: Duas garotas e um garoto. Ela ama muito Violette e Lily Brighton, mas sente aversão a Ryan, pois ele a lembra seu pior pesadelo: Lysandre.

Ana/Eliana Ferraz

    Irmã mais velha de Niele. Ao contrário do que Niele imagina, sua irmã não morreu em um acidente de carro enquanto voltava da faculdade, em um dia chuvoso. 
    Cansada de ser molestada pelo próprio pai e ignorada pela mãe que nunca acreditou nela, Eliana decide matar o pai. E é internada em Santa Helena, em Black River. Onde conhece Nathaniel e conta a ele sua história.
http://3.bp.blogspot.com/-V6XP6jfhYLc/USY-L-qPiVI/AAAAAAAAC9E/LRxRf_3sDA8/s640/ruiva06.jpg

Lyra Candence Smith

 

      Obcecada por Lysandre, Lyra fez de tudo para ser recrutada por ele e ganhar sua confiança. É o braço direito de Lysandre e faz qualquer coisa por ele.
   É uma garota emocionalmente desequilibrada e instável. Matou os pais e sua irmãzinha.
Lyra adora interpretar personagens, pois não consegue ser ela mesma e se sente mais segura fingindo ser outra pessoa.

Emily Greene

 

     Inspirada na Personagem Beth Greene da série The Walking Dead.
Emily é uma garota meiga, dócil um pouco ingênua. Estava em uma excursão pela Irlanda quando conheceu Lysandre. Ele a drogou e a fez cativa no galpão de sua fazenda.
    Emily ficará bem próxima de Eliana no decorrer dos capítulos da fic. 

      Lily Brighton

          Outra personagem inspirada em alguém da série The Walking Dead. Amei a personagem Lizzie Sammuels, exatamente por ela ser uma personagem que se encaixaria perfeitamente em Elo e ela tem a mesma idade que Lily. Por isso, Lily Brighton (Brighton é o nome da atriz que interpretou Lizzie) é a filha de Niele e Nathaniel.
    Sendo filha de quem é, não esperem que Lily seja exatamente um anjinho...

Diana Benson

     Prima de Castiel. Foi muito citada na primeira temporada, e reaparece na terceira para infernizar a vida de Alice e Castiel.
    Diana é rebelde, sensual e ousada. Capaz de fazer qualquer coisa para atingir seus objetivos, mesmo que tenha que passar por cima dos sentimentos alheios.

Música tema de Elo

Há um elo mortal que a uni a mim,
Um sentimento que me deixa assim
Tão fora de mim.
Por mais que eu tente te esquecer
É impossível não pensar em você.
Há uma linha tênue entre o ódio e o amor.
Os sentimentos se confundem...
Amor, rancor e dor...
Despertam o monstro adormecido em mim.
Quando a vejo, eu morro de desejo.
Eu mato por seus beijos.
Você é minha, apenas minha e de mais ninguém.
Elo Mortal, 
Paixão fatal.
Os sentimentos se confundem...
Amor, rancor e dor...
Despertam o monstro adormecido em mim.
Esse amor escrito com sangue,
Tatuado em meu coração,
Me faz perder a razão.
Não existe certo ou errado
Quando estou ao seu lado.
Eu faço coisas que até deus duvida,
Mas não me arrependo
É por amor.
Elo mortal
Paixão fatal
Os sentimentos se confundem
Amor, rancor e dor
Despertam o monstro adormecido em mim. 
Criei essa música, inspirada em Elo. 
  Se alguma leitora que souber cantar, quiser interpretar a música, fique à vontade. Adoraria ouvir sua versão!
  

Eu amo minhas leitoras

   Gostaria de agradecer a leitoras de Elo por todo o carinho que recebo diariamente. Vocês são tão fofas, tão atenciosas, tão fiéis e participativas que eu, às vezes, me sinto como uma escritora famosa. ahsushuash. Ainda tem chão até lá! Aliás, escrever uma fanfic é muito mais legal que escrever um livro. Quer dizer, é legal ser famosa e ver seus livros vendendo nas livrarias, mas prefiro as fanfics. Tá. Prometo que, um dia, mando um original para uma editora e publico um livro do modo certo. Mas isso, apenas quando me der na telha. Sou uma pessoa esquisita mesmo e não sigo regras! :p
     Eu disse: Devo ter saltado de algum livro!
   Por falar nisso, recebi uma mensagem super fofa de uma de minhas queridas leitoras, a TiaManda! Não podia deixar de compartilhar isso com vocês. 
   Amanda, me perdoe? kkk.
   Cara, isso foi tão inesperado e tão fofo! Gente, só mesmo a TiaManda para me surpreender assim. Sério, eu adoro as mensagens e os comentários dela. São tão especiais e únicos que eu deveria fazer um top 10 dos melhores comentários dela. ashuashus.
         
     Também a considero uma amiga, TiaManda! S2.
   Sei que sou um pouco antissocial, às vezes, mas sintam-se à vontade para me enviarem mensagens ou mesmo me adicionar no SS ou no Face. Não mordo! Mas, não esqueçam de falar que são vocês porque todas usam um apelido no SS e fica difícil reconhecê-las fora do site. Tipo, duas garotas do SS me adicionaram no face. Uma delas era a Manu Keiper - conhecida no SS como Kwya -. Só fui descobrir isso há alguns dias atrás. Por isso, se vocês me adicionarem em alguma rede social, não esqueçam de me darem um "oizinho" e dizerem quem são. ;)

O que vem por aí em Elo

      Bem, a pedido da Haruka, vou dar alguns spoilers do que vem por aí em Elo. Mas sem muitos detalhes, ok? Senão, perde a graça. 
   *  Estou pensando em algo mais ao estilo Marvel para a quarta temporada. Amo muito o vilão Coringa e me inspirarei nele para compor Lysandre na nova temporada. Talvez, vocês achem que pode ficar estranho, mas acreditem, o que tenho planejado com base em justiceiros e super vilões será legal e deixará Elo numa fase mais madura. 
* Não acelerarei o tempo dessa vez como nas temporadas anteriores. 
* Haruka será raptada pela Anarquia e pressionada a dizer onde Lily está.
* Lysandre pretende dar uma de JigSaw (Jogos Mortais) com as pessoas que ele mantêm cativas. Nesse jogo de vida e morte, alguns personagens podem morrer. Contarei com a ajuda das leitoras para escolher quem morre e quem vive (em breve, vocês descobrirão como).
* Devem surgir novos personagens com personalidades fortes, como Ivy Cobalski, uma vilã que, sem sombra de dúvida, será odiada por muitos; e, Natasha Bardot, que poderá ser uma pedra no sapato de Abby. *Finalmente, será revelada a verdadeira história de Lyra Candence Smith. * Abby entrará em conflito ao ter de se decidir se fica ao lado de seu pai ou de Armin, já que ambos serão inimigos declarados. * A nova temporada contará com casais homossexuais. Inclusive, recebi algumas fichas de personagens homossexuais. Eebaaa!!! * Finalmente teremos personagens ruivas!!!! Já estava cansada de ver apenas loiras ou morenas. Dá até a impressão que tenho preconceito contra as ruivas, mas é o contrário. Viu? Eu sou ruiva e, ainda nesse mês, vou pintar meus cabelos de roxo ou rosa. * Nathaniel terá uma chance de pagar sua dívida com a sociedade e tornar-se uma boa pessoa. Cá entre nós, vocês acham que ele consegue? kkkk. * Armin se verá em um triângulo amoroso entre Laura e Abby. Dependendo da escolha final de Abby, Armin poderá ficar com Laura, já que Viktor ficará muito magoado com Laura por ela ter escondido MUITAS coisas dele. * Armin descobre que é pai. Mas a mãe de seu filho (a) só revelada na 4 temporada. Assim, como a identidade de seu (ua) filho (a). * Jade se casará ou com Naomi ou com Marceline. * Há um mistério envolvendo a morte de Charotte e isso será revelado também na 4 temporada. * Haruka descobre que tem uma prima e vai atrás dela (isso era para acontecer na 3 temporada, mas já não dá mais tempo para implementar o drama). * Lysandre estará mais louco que nunca e também mais vingativo, no entanto, haverá um motivo para ele não ser de todo, tão perverso. Aguardem! * Castiel quer reconhecer a paternidade de Violette, mas a garota se nega, dizendo que o único pai que teve é Kentin Maldonado e, que preferia ser filha de Nathaniel Werner.   E muito mais ainda vem por aí em Elo!! Logo, atualizarei este post! Fique ligada!

Mimos a Elo

     Agora, é oficial: Vou compartilhar com vocês todos os mimos que eu receber de minhas leitoras e amigas, mesmo que isso seja cafona. É tão fofo receber essas demonstrações de carinho, quer sejam para mim ou para a minha fic! Me derreto toda. XD
Olha só o que Viick Toledo mandou para mim!
  Ela disse que tirou de um jogo de sua irmã:
   Os rapazes não lembram Castiel, Lysandre e Nathaniel?     E Elo ganhou sua primeira tirinha, feita por Thaissa-Chan!
    Fora os comentários da TiaManda que  lê na perua e se descontrola! Ashushushahs.

Elo - Especial Dia Dos Namorados

       Ah! Hoje é um dia tão adorável, tão romântico, tão perigosamente apaixonante!
Hoje é dia dos namorados e eu não podia deixar um dia tão especial como esse passar em branco. Por isso, preparei um presentinho para minhas queridas leitoras. Fazia tempo que eu vinha planejando isso, mas só nessa madrugada é que decidi que transformaria minha ideia em um especial. Então, imagine como foi escrever três capítulos, editar uma imagem e postar tudo em cima da hora.... Eu só dormi por volta da sete da manhã. Às duas e meia, eu acordei, morrendo de sono e vim correndo para o note, terminar o que havia começado. Pensei que não fosse conseguir a tempo, mas eu consegui! Da próxima vez, começo a preparar um especial, pelo menos um mês antes.

        Mas sobre o que é o especial, Dani?

    Então, eu me inspirei em dois Vocaloids da Hatsune Miku para escrever o especial. O primeiro foi "Rotten Girl, Grotesque Romance" e o outro foi " The Full Course for Candy Addicts". 
    Tive de mesclar minha personagem Eliana com a Miku, o que não foi muito difícil, visto que elas são fisicamente parecidas. Também, alterei o visual da Niele para que ninguém confundisse ela com a Megurine (de qualquer jeito, eu ia ter de mudar mesmo o visual da Niele porque sim). 
     É o primeiro Crossover que eu faço e... O que foi mesmo que andei dizendo no post anterior? Ah, sim! Então... Meu crossover foi bom e não ficou tão artificial, eu acho. 
    Mesmo estando na categoria de Amor Doce, nenhum dos paqueras apareceu. Nathaniel e Lysandre foram citados, mas só. 
     Meu doce Kaito não podia ficar de fora e, ele foi a obsessão de Eliana/Miku.
   Emily Greene (personagem inspirada na Beth de The Walking Dead, que aparece na 3 temporada de Elo) também deu o ar de sua graça nesse especial.
    Eu sei que, muitas pessoas devem ter ficado frustradas porque esperavam ler algo sobre Lysandre, Nathaniel ou Cassy, mas... Eu não queria escrever sobre eles. Não, por falta de criatividade, mas porque eu queria fazer algo diferente. Queria escrever algo que envolvesse vocaloids. Foi uma delícia trabalhar com vocaloids! Gente, super fácil e agradável! Um dia desses, vou escolher um tema e particular e me dedicar a ele.
      Se você gosta de romances sombrios e sangrentos, vai se encantar com esse especial. Bem, é o que espero!
Segue o link, abaixo!
  Feliz Dia Dos Namorados a todos e quem estiver solteiro, não fique tristinho. Veja muitos filmes de terror, ouça vocaloids e leia a minha fic! Haha.
  Beijinhos!

Coisinhas que você não sabia sobre Elo - Parte 2

     Bem, eu devo ser muito boa em fazer mistério e suspense... Tão boa que até hoje, tem mistérios que nenhuma das leitoras conseguiu desvendar, mesmo eu esfregando o tempo todo as pistas nas caras delas. Mas ok. Não é culpa delas! É minha, que acabei por não revelar as coisas. Bem, se você acompanha a minha fanfic de Amor Doce, se prepare para descobrir certas verdades. E se você ainda não é minha leitora ou ainda não alcançou a recente temporada, por favor, não leia. Vai ser um spoiler e tanto!

Quem é a agente secreta (tão secreta que eu esqueci o nome :p) que vez ou outra dita regras a Caroline e outros agentes do FBI?

      Ela apareceu, se não me engano na terceira temporada. Eu dei pistas mais que óbvias que indicavam que ela era, na verdade, ninguém mais ninguém menos que Mia Maldonado (a prima de Violette). É, Mia foi recrutada ainda quando morava no Japão. Eu pretendo fazer uma fic contando a história dela depois, se a TiaManda concordar.

Quem matou Debrah?

    Não que alguém se importe com quem matou aquela infeliz, mas só para esclarecer. Não foi o Armin! Foi o Lysandre mesmo.

O nome da prima de Castiel é Vick ou Diana?

    Vai ser confuso. Mas o nome da infeliz é Diana Victorie. Era para eu ter esclarecido isso ainda na primeira temporada, já que era para a Diana estudar em Sweet Amoris, se juntar a Ambre e atormentar a Niele, mas eu acabei desistindo da ideia. Depois, eu decidi colocar ela de forma vaga, e deu esse rolo todo porque eu não me dei ao trabalho de explicar o nome dela. Mas eu corrijo isso depois quando tiver que fazer uma releitura antes de prosseguir com o original do livro, que deve sair em breve.

Fic X Livro

      O livro vai ser semelhante à fic, mas com muitas mudanças para não se tornar previsível. Tipo, personagens que morreram na fic podem não morrer no livro e haverá uma troca de suspeitos e envolvidos nos crimes. Inclusive, eu posso até trocar o assassino da primeira temporada. Claro que o nosso Nath ainda vai ser um assassino.
       Os nomes ou sobrenomes dos personagens podem ser alterados. Eu penso em mudar o nome do Castiel e da Haruka (ainda não decidi nada). Queria manter o nome do Lysandre e do Nathaniel, mas tenho que ver se não vou ter problemas com direitos autorais depois. Qualquer coisa, eu vejo se posso lançar pela Amazon em forma de fic mesmo (mas numa nova versão, claro). Se alguém aí for geek e entender um pouquinho do assunto, please? Não deixe de dar a sua opinião. 
    Vou tentar lançar por uma editora bacana como a Rocco, mas não prometo nada. Se eles demorarem muito a analisar o original, eu vou lançar pela Amazon mesmo porque tenho pressa (só para ter uma ideia, eu teria de enviar o original em junho ou julho e ele seria avaliado até novembro).

O que rolou entre Evelyn e Mia?

      Ah, tá. Acho que isso vocês só vão descobrir na fic sobre a Mia (isso, claro, supondo que a Amanda tope), se bem que não é difícil ligar os pontos. ;)

Sobre o nomes de alguns personagens...

    Eliana é o nome de uma amiga que eu tive na infância. E Ana é o apelidinho fofo, inspirado na minha cantora preferida, a Anahí.
         Já Niele não vem do shampoo não, minha gente! Vem de Daniele: Daniele. Eu sabia que era costume colocar a autora colocar o seu nome na personagem principal de uma fic de AD, mas eu sabia que a Niele ia ser complexa e irritar muita gente, por isso, dei a ela só o nome da minha do7. Assim, todo mundo ia poder dar uma opinião sincera a respeito da personagem sem receio de me ofender ou me magoar. E, antes que me perguntem.... Não. Ela não tem a minha personalidade. Talvez, só um pouquinho. Me identifico mais com a Peggy (a da fic, óbvio!).
        Thereza é o nome da minha mãe, mas ela não é nenhuma megera e não gostou muito quando soube que o Nath, bem... Fez coisas com ela.
          Laura (já disse outras vezes, mas vou repetir) é o nome de uma amiga virtual minha. Não foi ela quem mandou a ficha nem nada, mas eu mesma quem criei em uma homenagem a ela. 
          A Marceline também foi uma homenagem minha a uma leitora querida e essa personagem está voltando.

Em qual time Alexy joga, afinal?

     Eu sou louca pelo Alexy mesmo antes de chegar ao ep em que ele aparece e não queria aceitar a homossexualidade dele. Eu queria ele para mim. :(  Por isso, eu fiz ele ser bissexual, assim ele poderia ficar tanto com garotos quanto com garotas. Era para eu ter explorado mais a relação dele com a Violette (a primeira), mas não deu, então fica para o livro!

De onde surgiu a gangue dos palhaços

       Eu sou fanática pelo Block B, então... haha. Vendo Jackpot e Very Good, me ocorreu a ideia de criar a Anarquia. Eu sempre fui obcecada por palhaços e bonecas, então, levei isso para fic também. A LOV é para ser a gangue das "bonequinhas". Uma forma que Abby encontrou para irritar seu pai, já que ele trata as mulheres como bonecas. As garotas do LOV seriam bonecas rebeldes. E, ai que fofo! Bonecas x Palhaços! kkkkk
        Já o Kaos foi inspirado nos clipes Warrior e Power de B.A.P (quem eu também pago o maior pauzão).
         Por falar em Block B, vocês não acham que o Zico lembra alguém? kkk.

Armin tem dois filhos

      E pelo menos um deles Armin já conhece, embora não saiba de nada. Os dois filhos de Armin são adolescentes.

Haruka e Ayumi são primas

     Eu sempre escrevo que Haruka e Ayumi tem o sobrenome Tsumiky, mas talvez por Lyra e Caroline terem o mesmo sobrenome e não serem parentes, vocês ignoraram a 'coincidência'.       Ayumi é filha de Wanda Tsumiky (irmã de Wanessa Tsumiky) e Ian Carter.   Já Haruka é filha de Wanessa Tsumiky e Alonso Werner (pai de Nathaniel). As irmãs Tsumiky nunca se deram muito bem, e por isso, nem Haruka nem Ayumi sabiam da existência uma da outra. Mas será revelado, futuramente a Haruka que ela tem uma prima. Haruka se comoverá com a história de sua prima e com a ajuda de Nathaniel irá procurá-la.
     Tem mais alguma coisa que vocês não saibam? Se tiver, podem me perguntar e eu acrescento ao post, depois. Tenho a ligeira impressão de estar esquecendo algo...

Adeus meu amor

    Essa é a canção que compus especialmente para a fanfic Goodbye, My Love (Vocaloids). Já faz algum tempo que a escrevi, mas só deu para postar agora. 
   É o desabafo de Miku para Luka.
    Tem tanta coisa que eu gostaria de dizer, mas não caberia nessa canção.
Eu sei que errei, mas não posso voltar no tempo e consertar as coisas. 
Fui imatura e meti os pés pelas mãos.
É um pouco tarde para pedir perdão, eu sei. Mas preciso fazer isso.
Você precisa entender porque estou fazendo isso.
Antes do fim gostaria de dizer
Adeus
Adeus
Adeus, meu amor
Eu lhe sou grata por cada momento.
Você segue em meu pensamento e em meu coração.
Adeus
Adeus
Adeus, meu amor
Não se culpe. Foi minha decisão.
Sem você, não poderia viver.
Me perdoe se fui faca.
Adeus
Adeus
Adeus, meu amor.
Éramos diferentes ou parecidas demais para dar certo?
O mundo todo estava contra o nosso amor.
Eu surtei, mas foi porque sabia que era uma questão de tempo, eu a perderia.
Você quer saber porque eu me afastei? Eu saquei que não cabia em sua vida, que entre seus amigos e eu, você nunca me escolheria. E doí saber que fui tão pouco para você. ©

Bonequinha

Valéria Lukianova (minha Barbie preferida!)
       Eu acho que já disse isso antes, mas vou repetir de novo: Eu amo compor e, um dia vou aprender a tocar teclado só para interpretar minhas próprias canções e quem sabe criar um canal só para isso no You Tube. Óbvio que isso vai demorar muito porque tenho outros projetos em mente. Por exemplo, estou pensando se faço ou não aulas para aprender a pintar quadros... Acho que poderia ser legal, porque eu poderia pintar algumas cenas que vejo em meus sonhos recorrentes e não consigo descrever com apenas palavras. Tem tanta coisa que eu gostaria de pintar ou desenhar: elfos, fadas, dragões... Psicopatas, rostos que vi em minha infância e infelizmente não pude registrar em fotos, etc. Acho que vou me permitir a pelo menos tentar.
    
     Como bônus, eu compus uma canção especial que Lysandre cantará para Niele no próximo capítulo. Aliás, acho que a música combina bem com o próximo capítulo já que bonecas é o que não faltarão. Haha.
     Ok. Ok. Vamos a letra!

Bonequinha

O "Homi" dos meus sonhos! hehe
(canção de Lysandre, especialmente criada para a fanfic de Amor Doce, Elo - Insane Love, 4 temp.)
Hey, linda bonequinha! Por que está tristinha?
Não quer o meu amor? Responda, por favor.
De mim não vai fugir.
Não tem para onde ir.
Eu sempre vou te achar,
Mesmo que as regras mudem,
Esse jogo, eu sempre vou ganhar.
Bonequinha de porcelana, tão delicada...
Rostinho perfeito, olhinhos tristinhos.
Dentre todas, minha preferida!
Com cabelo castanho, rosa ou loiro...
Tanto faz...
Quero uma coleção sua!
Não te vendo, não te troco e não te empresto!
É só minha!
Seus cabelos, só eu vou pentear.
Seu corpo, só eu vou tocar.
Seus lábios, só eu vou beijar.
Se alegre!
Veja os vestido que fiz, especialmente para você.
É hora do chá!
Vamos nos sentar e conversar.
De mim, não vai fugir!
Não tem pra onde ir.
Bonequinha,
minha linda bonequinha,
Por que está tão tristinha? ©
© Por Daniele Araújo.
    Então, pessoas lindas? O que acharam? Gostaram? Espero que sim. 
Todo mundo sabe que o Lys tinha uma banda com o Cassy, mas eu pouco mostrei as letras da banda. Né? Vou prestar mais atenção a esse detalhe.
        Quem quiser copiar a canção, não esqueça de dar os créditos senão é plágio e plágio é uma coisinha MUITO feia. Né?
    Tá, agora vou indo que eu tenho muito o que escrever.
Beijos com aromas de... Pipoca (porque tão fazendo aqui hehe)!
Fui!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré